Notícias da semana do mercado educacional

As principais notícias do mercado educacional dos últimos 7 dias que você não pode ficar sem saber

Uniasselvi fecha aquisição da UniCesumar por até R$ 3,5 bilhões
Na última semana, segunda (23), em uma transação que poucos acreditavam, a Vitru — dona da Uniasselvi — fechou a aquisição da UniCesumar numa transação de até R$3,5 bilhões.

A nova companhia passa a ter 635 mil alunos no ensino a distância e considerando os dados até março, a Vitru encosta na Kroton, líder do setor que, no período, contava com 695 mil estudantes nessa modalidade de aprendizado. Valor Econômico

STF decide nova política de educação especial
O STF faz audiência pública antes de decidir sobre ação que questiona nova política de educação especial. Tal decreto que instituiu nova política foi suspenso pelo ministro Toffoli. De acordo com especialistas em educação, a nova política defendida pelo governo Bolsonaro é apontada como retrocesso. Governo nega segregação. G1 Educação

Colégio Palmares, aquisição de novembro do LIT Capital Group demite e atrasa salários
Matéria que conta como aquisição milionária no setor de educação resultou em professores sem salários do Colégio Palmares identificou com especialistas que a pandemia deve levar a novas fusões e aquisições na educação privada. G1 Educação

Arco faz aquisição da Edtech Eduqo
A Arco Educação, de Ari de Sá Neto, anunciou na última quarta-feira (26), a compra da Eduqo, startup de tecnologia educacional fundada em 2014. A Eduqo oferece soluções de inteligência de dados e de personalização da aprendizagem para mais de 400 escolas parceiras e chega para reforçar o ecossistema de tecnologia educacional da Arco. Mercado & Educação

Enem 2021: número de pretos, pardos e indígenas inscritos cai mais de 50%
Deixando cada vez mais claro a discrepância de oportunidades entre negros e brancos, a queda de inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio foi menor entre os brancos: 35,8%. Especialistas apontam prejuízo para a diversidade e inclusão no ensino superior. G1 Educação

Demanda pressionada pela elite da pauta antirracista nas escolas
Pressão dos pais sobre inclusão faz com que escolas da elite busquem aumento e representatividade de alunos e professores negros. Também há movimentações em conteúdos didáticos e inclusão de autores negros. Estadão Educação

Lucro do grupo educacional Afya cai 65,6% no 2º trimestre
A Afya, grupo educacional focado em cursos de medicina, registrou lucro líquido de R$ 22 milhões, no período; já a receita líquida subiu 35,8% para R$ 372,3 milhões. Valor Econômico 

Saint Paul investe no ensino médio
Saint Paul é uma plataforma de aprendizagem que pode ser contratada individualmente para o reforço escolar em casa ou por colégios e é referência em especialização para executivos. Aproveitando a maior digitalização do setor de educação para fazer uma aposta em um público bem mais jovem, a companhia lança nesta semana o LIT Escola, plataforma de aprendizagem voltada ao ensino escolar. Ao todo, serão investidos R$40 milhões de capital próprio na iniciativa, dos quais R$10 milhões já foram aplicados. Valor Econômico

Depois e apuração do Valor Econômico de sua venda para Ânima, CEUB nega transação de R$800 milhões
Segundo apurado pelo Valor, negociações estariam avançadas, mas o Centro Universitário diz não ter recebido nenhuma proposta de compra de nenhum grupo empresarial, nos termos citados pelas reportagens. Valor Econômico

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.