Bahema compra escolas e fecha parceria com Ânima

Brazil Journal – A Bahema Educação comprou três escolas da Ânima em Santa Catarina e fez um acordo para abrir pelo menos outras cinco em campi da companhia de educação superior.

” Essa operação é um ganha-ganha. Para nós, é uma expansão eficiente porque economizamos no capex e pagamos um aluguel variável, como percentual da receita. Já a Ânima rentabiliza espaços que tendem a ficar ociosos com a migração para o ensino Hibrido, ” o CFO Guilherme Affonso Ferreira Filho disse ao Brazil Journal.

A Bahema vai pagar R$ 30 milhões, sendo R$ 18 milhões no closing e R$ 12 milhões até maio de 2022. Além disso, pode pagar um earnout de cerca de R$ 6 milhões até 2024.

As três escolas – Escola Internacional de Florianópolis, Escola Internacional de Blumenau e o Colégio Tupy em Joinville – Têm juntas 950 alunos e eram parte da Unisociesc, comprada pela Ânima em 2016.

A Bahema tem focado em escolas de três linhas pedagógicas complementares: as sócio-construtivistas, as bilíngues/internacionais e a Escola Mais, uma escola em tempo integral a preços acessíveis.

A companhia vale R$ 190 milhões na Bolsa, mas sua ação é ilíquida. Com as aquisições, a companhia deve chegar próxima a uma faturamento de R$ 300 milhões este ano.

Numa transação concluída em março, a Bahema levantou R$ 115 milhões com uma debênture conversível junto a cinco investidores.

O FIP compostella – cujos cotistas incluem os acionistas originais da Ânima – e a Mint Capital subscreveram R$ 55 milhões do total. O FIP e a gestora têm um acordo de acionistas e, quando a dívida for 100% convertida, os dois terão cerca de 41% do capital da Bahema.

A seguradora canadense FairFax Financial tem outros 23% e a família Affonso Ferreira – acionista original da Bahema antes de sua guinada para a educação – tem cerca de 17% do capital.

A Bahema Educação agora passa a ter 14 escolas em cinco estados, incluindo a Escola da Vila, a Escola Viva e a Escola Mais (SP), Escola Parque (RJ), Escola Autonomia (SC), Colégio Apoio (PE) e Grupo Balão Vermelho (MG).

Ver mais notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.