Segundo pesquisa, gastos com educação crescem 50% após adaptação das escolas à nova realidade de ensino

Embora os gastos com educação tenham crescido 50%, o ticket médio teve redução de 12% segundo pesquisa realizada pela Startup Mobills. As informações são do Valor Investe.

Pesquisa realizada com mais de 133 mil pessoas

A pesquisa foi realizada pela Startup Mobills com mais de 133 mil pessoas de sua base de usuários. A conclusão foi de que os Brasileiros gastaram, entre os meses de janeiro e fevereiro de 2021, 50% a mais que a média avaliada no mesmo período do ano passado.

Na pesquisa foi possível observar que os gastos com educação estiveram em seu menor patamar durante os meses de maio e junho de 2020. Em julho o registro foi de um inicio de recuperação e, de outubro em diante, esse valor não parou de crescer culminando em fevereiro como o mês em que os brasileiros mais gastaram com educação. Os registros analisam despesas com escolas, cursos de idiomas, especialização e também capacitação, além de universidades.

Ticket médio

Embora possamos observar um crescimento nos gastos, durante os meses analisados pela Mobills, foi registrada uma queda no ticket médio, quando comparado com o início de 2020 e o de 2021. Em janeiro do ano passado, a média dos gastos era de R$ 550,31 e em fevereiro de 2021 a média caiu para R$ 484,57, declínio de 12%.

Veja mais notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.